IKS é rastreável! E o sks? Qual o futuro dos sistemas de compartilhamento das keys?

tv pirata

IKS é altamente rastreável e empresa que produz software de codificação de canais começa a caçar usuários do sistema

Atenção usuários de IKS, em nova estratégia de combate à pirataria de sinal das tvs por assinatura, a empresa Nagravision, que atua no mercado de codificação de sinal para as maiores empresas de tv por assinatura do mundo, mudou sua estratégia de combate nos EUA e está rastreando os usuários do sistema IKS (internet key sharing) da operadora Dish Network naquele país, o problema para os usuários deste sistema é que é fácil de rastrear quem usa IKS.

Leia abaixo o comunicado que a Nagravision soltou no mercado dos EUA.

A NagraStar iniciou recentemente esforços muito bem sucedido para investigar e processar os usuários finais para o roubo de programação DISH Network.
Provas obtidas por NagraStar através de suas investigações de atividades ilegais por traficantes de upstream e os processos de distribuidores de hardware e software relacionados a pirataria, está sendo usado para reclamações contra usuários finais do sistema.
A NagraStar leva qualquer tentativa de evasão de sua tecnologia e serviços dos clientes com base em assinatura de televisão muito a sério e se compromete a tomar todas as medidas legais disponíveis contra os infratores, sejam eles programadores, distribuidores de produtos, operadores de sites ou a usuários finais do sistema.
A NagraStar continua disposta a trabalhar com alguém que tenha conhecimento ou provas quaisquer de tais indivíduos ou empresas. 

 

Achamos que o sistema de delação premiada da PF é um apelo, pense bem,  não tem como a pf ir atrás de 2 milhões de usuários espalhados no mundo.

 

Sobre rastreamento, Vamos falar de dois pontos: O rastreamento dos usuários e o rastreamento dos servidores de keys. O rastreamento de usuários de CS/IKS é fácil, já via SS/SKS é impossível. O rastreamento de servidores de CS/IKS é fácil. Para SS/SKS também é fácil, já que eles sabem até o satélite por onde as keys vem. Basta procurar a fonte destes dados. Mas o que acho mais importante é: Quem eles querem? Os usuários ou os servidores? Certamente os servidores. Aí, devemos analisar assim:

CS: Se fecharem um servidor, todos os usuários daquele servidor ficam off e eles devem procurar outro (tem às dezenas por aí). O custo permanece praticamente o mesmo no caso de troca de servidor.

SS/SKS: É muito frágil pois se fecharem o canal de comunicação do satélite que transmite as keys, acabou-se para todo mundo que usa este sistema. Existe a possibilidade da pessoa comprar outro dongle, que use outro servidor a fim de continuar assistindo os canais. Tem um custo para isso.

 

IKS: É o mais problemático. Se fecharem o servidor, o fabricante do deco vai ter que montar toda uma  nova estrutura. Isso demora. Estes usuários devem procurar um solução em CS ou SS/SKS até que isso se resolva. Também tem um custo para isso. (fonte: null)

 

 

X
Siga-nos nas redes sociais.

 

Telegram: https://t.me/joinchat/Ez5afgj2i7vFZ9rZFk_BoA



Portal Zeamerica
 

Nenhum comentário

Faça seu comentário:

Tecnologia do Blogger.